Polícia Civil prende mulher suspeita de planejar morte de empresário no RN

Publicado em: 15/05/2019

Marcos Antônio Braga Ponte, de 60 anos, também era ex-funcionário da Caern. Ele foi morto em setembro de 2018 na zona rural de Macaíba, na Grande Natal.

Marcos Antônio Braga Ponte foi morto em setembro do ano passado  — Foto: Redes SociaisMarcos Antônio Braga Ponte foi morto em setembro do ano passado — Foto: Redes Sociais

 

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) deram cumprimento, na manhã desta quarta-feira (15), a um mandado de prisão preventiva contra a mulher que é apontada como a autora intelectual do assassinato do empresário Marcos Antônio Braga Ponte, de 60 anos – crime ocorrido em setembro do ano passado na zona rural de Macaíba, cidade da Grande Natal.

Marcos Antônio, que também era ex-funcionário da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), saía de um bar no Alecrim, na Zona Leste de Natal, quando foi levado pelos assassinos até o distrito de Mangabeira, onde foi executado a tiros.

Prisões

A prisão da mulher, que na época do crime mantinha um relacionamento estável com o empresário, aconteceu no bairro da Ribeira, também na Zona Leste de Natal.

Segundo as investigações da DHPP, o assassinato do empresário foi planejado pela mulher, com apoio de um amante dela – que foi preso no dia 11 de abril. Ambos pretendiam se apropriar do patrimônio de Marcos Antônio.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o amante também é suspeito de ser traficante de drogas, com atuação na comunidade do Japão, na Zona Oeste da capital potiguar.

A execução da vítima teria contado com a colaboração de outros coautores, moradores do bairro das Quintas, região onde Ivan Junior atua diretamente na atividade de tráfico de drogas. Um destes coautores, inclusive, foi preso no dia 29 de abril, suspeito de ser a pessoa que dirigiu o veículo que levou Marcos Antônio até Mangabeira.

O caso

O empresário Marcos Antônio Braga Ponte foi morto no dia 21 de setembro em Mangabeira, na zona rural de Mangabeira, município de Macaíba, na Grande Natal, depois de ser levado por criminosos no Alecrim, na Zona Leste, quando saía de um bar.

Marcos Braga Ponte estava no bar com amigos, e foi abordado quando se dirigia para o carro dele. Ele chegou a destravar o alarme do veículo, mas foi interceptado por um homem armado antes de entrar no automóvel. O criminoso saiu de um carro que estava parado logo atrás do carro do empresário. Marcos Ponte ainda tentou correr, mas não conseguiu fugir. Em seguida, ele foi colocado dentro do veículo dos bandidos, um Gol preto. O corpo do empresário foi encontrado uma hora depois, em Mangabeira.

 

Do G1/RN

 




Faça o seu comentário