CEARÁ-MIRIM: Vereadores querem investigar se empresa contratada por quase R$ 1 milhão pertence a familiares do prefeito

Publicado em: 13/09/2017

A administração do prefeito Marcone Barreto deverá se tornar alvo de uma Comissão Especial de Inquérito a ser instaurada pela Câmara Municipal de Ceará Mirim. Uma solicitação neste sentido foi protocolada na Casa com as assinaturas de sete vereadores, número suficiente para instauração do inquérito.

Os vereadores que assinam o pedido de CEI querem investigar suposta irregularidade na contratação de uma empresa que cuidará do portal da Secretaria Municipal de Educação na Internet. Há informações de que a empresa Clickideia Tecnologia Educacional Ltda pertenceria a parentes do prefeito Marcone Barreto.

O grupo de vereadores que assinou a solicitação de instauração da CEI – formado por Marcílio Dantas Júnior, Jumária Motta, Arnaldo Silvestre, Carlos Ramalho, Ângela Aquino e Renata Costa – alega que a empresa já teria sido anunciada pelo então candidato a prefeito no ano passado.

Os vereadores querem com isto investigar se houve direcionamento da concorrência pública 001/2017. A empresa foi contratada pelo valor de R$ 916.800,00.

O valor do contrato, as informações de que contratação da empresa teria sido anunciado em 2016, antes mesmo de Marcone Barreto ser eleito prefeito e o fato de a empresa pertencer a parentes do atual gestor público do município são suficientes para uma investigação clara, objetiva e isenta.

Ou será que tem gente em Ceará Mirim que está pensando que é imune a críticas e investigação?

É bom colocar as barbas de molho!

 

 

 




Faça o seu comentário