Comissão do Impeachment forma maioria contra Dilma

Publicado em: 08/04/2016

13qe42rq.jpgParlamentares se reúnem Câmara para debater o voto do relator da comissão de impeachment – Ailton Freitas / Agência O Globo

 

A comissão do impeachment já tem maioria formada contra a presidente Dilma Rousseff. O deputado Jhonatan de Jesus (PRB-RR) foi o 33º titular do colegiado a declarar ao GLOBO seu voto pró-impeachment. A comissão tem 65 membros titulares. A votação está marcada para a próxima segunda-feira, dia 11 de abril.

– Essas operações (pedaladas fiscais) são caracterizadas como empréstimos à União, o que é vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O governo vem negando que elas possam ser assim classificadas, mas eu entendo que é crime de responsabilidade. Vou votar a favor do impeachment – disse Jesus, ao chegar para a sessão de discussão do relatório.

O GLOBO faz um levantamento junto aos parlamentares desde o início da semana. Na quarta-feira, foi publicado que já havia 30 votos pelo impeachment. Neste mesmo dia, o relator, Jovair Arantes (PTB-GO), anunciou seu voto nesta direção. O deputado Paulo Maluf (PP-SP), que chegou a se declarar antes contra o afastamento, mudou de posição depois que o presidente do seu partido, Ciro Nogueira, anunciou que o partido continuaria do governo sem consultar o diretório nacional. Com a adesão de Jhonatan de Jesus, o parecer de Jovair deve ser aprovado na próxima segunda-feira. São 19 os deputados da comissão que já anunciaram voto contra o impeachment e 13 ainda se declaram como indecisos.

Às 15h36 desta sexta-feira, a comissão de impeachment iniciou a sessão para discutir o relatório de Jovair Arantes. Os parlamentares chegaram a um acordo de levar os debates até as 3h da madrugada de sábado.

 

O Globo

 




Faça o seu comentário